Inicia a colheita do pêssego no Rio Grande do Sul

É o Rio Grande do Sul o maior produtor de pêssego do Brasil. Segundo informações da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do Estado, a produção destinada para a indústria de conservas está concentrada na região Sul gaúcha. Já a produção de frutas de mesa está localizada em maior quantidade na região da Serra. No total são cerca de 3.500 produtores, segundo a Radiografia Agropecuária Gaúcha 2021. Com isso, os gaúchos são responsáveis por cerca de 60% da produção nacional.


Nesta safra a colheita de cultivares mais precoces já começou e no supermercado é possível ter acesso mais facilitado à fruta. Mas, o consumidor precisa estar atento à qualidade e ao manejo adotado para esta produção, bem como a transparência no fornecimento destas informações. Pela legislação vigente, o pêssego é uma das frutas que deve ser rastreada, ou seja, o consumidor precisa ter acesso a alguma ferramenta que esclareça quais manejos foram feitos, quais produtos utilizados nos controles de pragas e doenças, assim como datas de colheita.


Opções como o software Origem Garantida atendem esta demanda do fruticultor. Desenvolvido pelo time da O Agro Softwares para o Agronegócio, esta é uma solução que também conta com aplicativo para dispositivos móveis, o que facilita ainda mais o manuseio por parte do produtor.

Você precisa de uma demonstração ou de um orçamento?
Fale com a nossa equipe!

Atenção, produtor!
Segundo orientações da Emater/RS, esta é uma época ideal para planejar a implantação de novas áreas da cultura, com subsolagens com incorporação de calcário em profundidade nos solos e outras práticas que antecedem a implantação de um novo pomar.

Deixe uma resposta