#ReceitaRastreada: Molho de tomate caseiro

A obrigatoriedade da rastreabilidade para o tomate está em vigor desde agosto de 2019 – medida estabelecida pela Instrução Normativa Conjunta 02/2018, do Mapa e da Anvisa. O tomate é um daqueles alimentos que tem mil e uma utilidades. Você pode usá-lo para fazer molhos, sopas, saladas ou cozinhar, pode ser um acompanhamento. Mas, as funcionalidades deste fruto vão muito além, já que ele tem nutrientes que contribuem para a sua saúde. Rico em vitaminas, minerais e antioxidantes, o ingrediente é considerado um superalimento e a inclusão na dieta traz benefícios para os cabelos, sistema cardiovascular e, até mesmo, no combate ao câncer. Você sabe quem produziu e que produtos foram usados no cultivo do tomate que você está consumindo?

Molho de tomate caseiro

Vamos fazer um molho caseiro de tomate? Nesta receita, a maioria dos ingredientes também têm a obrigatoriedade da rastreabilidade já em vigor, a exemplo da cebola, alho e manjericão. O bom desta receita também é que você pode congelar em potes e usar por meses em outras receitas. Experimente e conte para a gente sua experiência!

Ingredientes

2 kg de tomate maduro (débora ou italiano) cortado ao meio, sem semente
6 colheres (sopa) de azeite
1 cebola pequena picada
2 dentes de alho amassados
1 pitada de cominho
manjericão a gosto
Sal à gosto

Modo de preparo

  1. Numa panela, coloque 2 kg de tomate maduro sem sementes e deixe até amolecer.
  2. Depois, passe pelo passador de legumes ou numa peneira.
  3. Leve ao fogo 6 colheres (sopa) de azeite e refogue 1 cebola pequena picada, 2 dentes de alho amassados.
  4. Junte o tomate processado e 1 pitada de cominho.
  5. Cozinhe por 15 min em fogo baixo.
  6. Acerte o sal e finalize com o manjericão a gosto.

Deixe uma resposta