Sementes: três motivos para registrar digitalmente a sua produção

Você já deve ter percebido que na maioria dos conteúdos deste blog a palavra tecnologia está muito presente, não só porque é ela que que move a nossa rotina de trabalho, mas porque acreditamos neste potencial para o desenvolvimento e a sustentabilidade do agronegócio. Mais do que isso, o quanto estas podem entregar em eficiência nos diversos sistemas produtivos, agregar valor aos produtos e promover novos negócios.

No mercado sementeiro, a disponibilidade das informações de todas as etapas da produção de sementes tem sido um diferencial. Por isso, é preciso ser eficiente na coleta, no armazenamento e na utilização dessas informações. Os sistemas digitais têm gerado bons resultados. Consequentemente, esse investimento na gestão de informações e na transparência dos processos acaba promovendo a valorização da marca, diferenciação no mercado e, inclusive, a fidelização do cliente.

Motivos para você registrar digitalmente a sua produção

A utilização de um software auxilia, principalmente, na melhor gestão das informações dentro do processo produtivo. Um sistema digital pode criar processos em que existe a necessidade de alimentar cada etapa da produção com informações reais do campo, ou seja, pode ajudar na organização da produção em etapas distintas – campos de produção, Unidade de Beneficiamento de Sementes (UBS), controle interno de qualidade até a entrega ao cliente final.

Um software pode ajudar na emissão correta da documentação exigida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), diminuindo erros e retrabalho da equipe. É válido ressaltar que a transparência dos processos é muito importante, portanto, uma ferramenta para ajudar na emissão correta das informações, contendo os dados reais sobre a qualidade das sementes, é fundamental para qualquer empresa do ramo sementeiro.

O registro digital das informações evita o desperdício de materiais impressos e, muitas vezes, o acúmulo de papeis e a desorganização dentro da empresa, além de reforçar o compromisso social desta com a sociedade do ponto de vista ambiental. E o mais importante, usando um software confiável que garante a segurança na coleta e na organização das informações.

Mas atenção:

Antes de investir em um sistema digital, você deve basicamente conhecer o produto e ver se ele atende a demanda da sua empresa, bem como se vai ser eficiente para alcançar os objetivos almejados.

Você já conhece o Sementes Rastreadas?

Desenvolvido pela O Agro – Softwares para o Agronegócio, o software foi projetado especialmente para os produtores de sementes. Este permite o registro, o controle e a rastreabilidade das informações durante todos os processos, desde os campos de produção, beneficiamento na UBS até a venda ao cliente final. Além de tudo isso, possibilita que o produtor disponibilize para o consumidor as informações coletadas durante o processo de produção, aproximando os agentes envolvidos na cadeia produtiva por meio da rastreabilidade de sementes.

Diferenciais:

  • Controle dos campos de produção de sementes – monitoramento detalhado dos campos de produção com imagens, áudios via web e aplicativo de campo
  • Gestão de estoques e processo na UBS – acompanhamento de informações vinculadas aos processos produtivos na UBS e movimentações
  • Controle de qualidade em diversas etapas do processo
  • Documentação Mapa – criação de documentos exigidos no processo de produção legal das sementes, todos padronizados conforme a regras de análise de sementes
  • Marketing e diferenciação
  • Rastreabilidade on-line, disponibiliza informações chaves para o cliente final, como germinação, vigor, Peso de Mil Sementes (PMS), cálculo de plantabilidade, Tratamento de Semente Industrial (TSI), informações essenciais para o planejamento e estabelecimento da lavoura

Deixe uma resposta