Conheça 7 vantagens do caderno de campo digital na produção de alimentos

Para quem produz alimentos, o caderno de campo é uma importante ferramenta de controle e gestão. Já ouviu falar sobre ele ou utiliza? Nesse caderno de campo o produtor faz registros de todo o processo produtivo do alimento, por isso é um material presente na rotina de trabalho. Esses registros devem ser mantidos por, no mínimo, 18 meses, e em caso de fiscalização ou contaminação dos alimentos, são eles que devem ser apresentados às autoridades.

Mas o que é preciso registrar no caderno de campo?

Todas as operações do processo de produção do alimento, ou seja, desde semeadura, manejo, aplicação de produtos e colheita. Na imagem a seguir mostramos os detalhes que devem ser registrados em cada etapa.

CAderno de campo

São muitas informações, não é? Já pensou ficar anotando tudo isso em diversas folhas de papel e depois deixar armazenado em fichas de arquivos? Com certeza não é a opção mais prática. Por isso, pensando no dia-a-dia do produtor, o nosso sistema para rastreabilidade de alimentos – Origem Garantida – conta com o caderno de campo digital. Na plataforma online são feitos todos os registros, inclusive os lançamentos de produções e expedições.

Listamos 7 vantagens em usar o caderno de campo digital e deixar de lado os registros em papel:

  • Dados armazenados online de forma segura;
  • Informações disponíveis para consulta a qualquer momento, com geração de relatórios com filtros por cultura, variedade, data, local, etc;
  • Possibilidade de registro offline de informações pelo aplicativo móvel, diretamente do celular ou tablet;
  • Economia de custos com papel e impressão;
  • Redução do risco de perdas ou deterioração dos arquivos;
  • Ferramenta de auxílio na gestão do negócio;
  • Atende à Instrução Normativa Conjunta 02/2018, do MAPA e da Anvisa.

Viu só como o caderno de campo digital facilita e muito a vida de quem produz alimentos? Os registros podem ser feitos pelo computador e também pelo celular, diretamente no local de produção. Por exemplo, quando o produtor estiver nas estufas ou canteiros, basta inserir as informações no aplicativo e sincronizá-las posteriormente quando estiver conectado à internet. Feito isso, tudo fica armazenado no sistema para ser consultado quando quiser.

É importante lembrar também que o produtor não deve deixar os registros acumularem, ou seja, sempre que ele fizer alguma operação, como semeadura ou manejo, por exemplo, deve tentar registrar o mais rápido possível. Assim fica mais fácil de lembrar dos detalhes e deixar os documentos atualizados.
Se você também quer facilitar a sua produção de alimentos ou conhece alguém que precisa, chame nossa equipe para uma conversa. Será um prazer atendê-lo/a.


 

kc3a1ssia

Deixe uma resposta